FP Jones matou Jason Blossom?

O site Entertainment Weekly possui um artigo chamado como “Spoiler Room”, onde os fãs podem mandar algumas perguntas e eles vão atrás de respostas. Uma fã [Sonya] fez a seguinte pergunta “O pai de Jughead assassinou Jason em Riverdale?” e vocês podem conferir a resposta logo abaixo;

O pai de Jughead assassinou Jason em Riverdale? — Sonya

Bem, FP tinha a jaqueta do Jason, que deveria ter sido imediatamente queimada naquele carro abandonado, certo? “Com certeza parece que FP estava intimamente envolvido com pelo menos uma das coisas, ou as duas.” diz o produtor executivo Roberto Aguirre-Sacasa sobre a morte do Jason e do carro pegando fogo. “Seguindo em frente, Jughead e seu relacionamento com o pai se torna uma das histórias principais dessa temporada. Há definitivamente reviravoltas nessa história, mas ele [FP] está em uma posição muito difícil a partir desse momento, porque as pessoas irão começar a descobrir muitas coisas que FP fez que ele achou que nunca iriam saber.”

. © Tradução/Adaptação: Beatriz Nieto – Riverdale Brasil – Não reproduza sem os créditos.

Arquivado em:

Chapter Nine: La Grande Illusion | Fotos promocionais e sinopse do 9º episódio

Confira a seguir as fotos promocionais e sinopse oficial do 9º episódio da primeira temporada de Riverdale, intitulado “Chapter Nine: La Grande Illusion”, que vai ao ar dia 6 de abril, na CW.


Confira todas as imagens deste álbum

SINOPSE

SEGUNDAS INTENÇÕES — Archie (KJ Apa) relutantemente concorda em escoltar Cheryl (Madelaine Petsch)  para o começo oficial da drenagem do xarope de bordo da família Blossom porque ele recebe uma oferta que pode ajudar no seu futuro. Archie começa a se tornar cético sobre a verdadeira razão dos Blossom estarem tão ansiosos para ajudá-lo, no entanto ele consegue informações úteis para Betty (Lili Reinhart) sobre a irmã dela. Veronica (Camila Mendes) está tentando ser legal e, sem saber, faz amizade com uma colega de classe que havia sido machucada pelas atitudes ilegais do pai de Veronica. Hermione (Marisol Nichols) está em dúvida sobre contar a verdade para Fred (Luke Perry). Enquanto isso,  Alice (Madchen Amick) está pronta para obter sua vingança sob os Blossoms de uma vez por todas com a ajuda de suas duas filhas. Cole Sprouse também estrela.

Lee Rose dirigiu o episódio que foi escrito por James DeWille.

Arquivado em:

Cena deletada do episódio 6 “Faster, Pussycats! Kill! Kill!” é divulgada

Durante o “hiatus” de Riverdale, para não ficarmos sem conteúdo a CW divulgou uma cena deletada do 6º episódio, “Chapter Six: Faster, Pussycats! Kill! Kill!”,  e você pode conferir legendado logo abaixo;

––

Riverdale vai ao ar toda quinta-feira nos EUA pela CW. No Brasil a série é exibida toda segunda às 21h40 pela Warner Channel.

Arquivado em:

Sarah Habel fala sobre ‘Riverdale’ em nova entrevista

Sarah Habel sentou-se com o site Broke Horror Fan para falar sobre seu novo filme Atomica, que chega os cinemas selecionados em 17 de março e VOD em 21 de março via Syfy Films. Ela estrela o thriller de ficção científica ao lado de Dominic Monaghan e Tom Sizemore. Eles falaram também sobre o recente turno de Habel como Srta. Grundy em Riverdale, confira;

Eu gostaria de falar sobre Riverdale por um minuto. O show tem uma aparência e tom únicos. Como foi aquela experiência?

Para mim, pessoalmente, foi um sonho que se tornou realidade. É um elenco tão maravilhoso e diretores incríveis e um mundo que é realmente diferente. Algo grandioso sobre estar no elenco de apoio é que você pode fazer as coisas loucas, escandalosas. Para mim, como atriz da minha idade, ser uma figura de autoridade foi uma elasticidade e um novo desafio. Quero dizer, ela teve sua autoridade quando ela queria. [Risos] Eu tive muita sorte em começar a trabalhar naquela série, e estou realmente feliz por haver uma resposta tão forte ao show e ao meu personagem. Espero que eles vão continuar em frente com ele.

Como você aborda seu papel como Srta. Grundy versus sua parte em Atomica?

Existem algumas semelhanças, porque ambos os personagens são muito contidos – o que não é o meu estado natural. Eu acho que o trabalho físico de permanecer contido ainda é semelhante. Mas com a Srta. Grundy, ela é uma violoncelista treinada pela Juilliard, que eu certamente não sou. [Risos] Eu fiz algumas aulas de violoncelo para aquelas cenas, que foi um grande desafio em si. Então, muito do trabalho vem do aspecto colaborativo. Cada papel é apenas um produto do mundo onde os personagens interagem uns com os outros. É único em cada trabalho.

Você teve dois papéis anteriores no gênero de terror, como Efeito Borboleta 3 e O Albergue 3. Juntamente com Riverdale, como é aparecer em projetos que têm base de fãs já construídas e sucesso?

Isso definitivamente ajuda a ser capaz de chegar em um grupo de pessoas que estão empolgados. É bom fazer trabalho que as pessoas querem ver. Também é intimidante. Com a Srta. Grundy, eu fiquei tipo, “Como os fãs da Archie Comics vão se sentir ao ver a sua velha senhora de cabelos brancos como eu?” Mas ao mesmo tempo, eu aprecio completamente qualquer um que está ávido e quer experimentar qualquer coisa que eu esteja fazendo. Também está tão distante. É estranho; Não é como teatro ao vivo. Você não começa a ter esse feedback imediato do público em tempo real. É sempre esclarecedor ver como as pessoas reagem quando a coisa realmente sai.

Riverdale vai ao ar toda quinta-feira nos EUA pela CW. No Brasil a série é exibida toda segunda às 21h40 pela Warner Channel.

Arquivado em:

Riverdale terá painel na WonderCon 2017

Durante os dias 31 de Março e 2 de Abril irá acontecer a WonderCon em Anaheim, Califórnia e Riverdale está confirmado no evento. Confira a agenda;

Sexta-feira, 31 de março

18:45-19:45 (Horário de Brasília) Riverdale Apresentação de vídeo especial e Q&A – Descubra o mistério de Riverdale e deixe sua inocência para trás. Junte-se às estrelas KJ Apa, Lili Reinhart, Camila Mendes, Cole Sprouse, Ashleigh Murray, Luke Perry, Mädchen Amick e Marisol Nichols, juntamente com os produtores executivos Roberto Aguirre-Sacasa, Sarah Schechter e Jon Goldwater enquanto mergulham nos segredos que continuam a surgir sobre o que pode parecer uma cidade tranquila e sonolenta. Enquanto surgem novos detalhes sobre a morte de Jason Blossom, a tensão cresce entre os alunos de Riverdale High, à medida que a conexão de Jughead com as Serpentes do Sul é revelada. Baseado nos personagens da Archie Comics e produzido pela Berlanti Productions em associação com a Warner Bros. Television, este drama de uma hora é uma audaciosa e subversiva abordagem da surrealidade da vida na pequena cidade. Arena

Sábado, 1 de abril

19:15-20:15 (Horário de Brasília) Riverdale Exibição Exclusiva de Um Novo Episódio – Exclusivo WonderCon! Não perca uma projeção especial de um novo episódio de Riverdale, exibido na quinta-feira, na CW. Intitulado “Chapter Nine: La Grande Illusion”, o episódio contará com uma aparição especial de Shannon Purser (“Barb” de Stranger Things) como Ethel Muggs, e descobriremos mais segredos sobre a longa disputa familiar entre os Blossoms e os Coopers. Além disso, o relacionamento de Betty com Polly enfrenta desafios adicionais e Archie encontra-se estranhamente envolvido com Cheryl Blossom. Arena

Arquivado em:

Escritora de “Riverdale” fala sobre assexualidade de Jughead e queerbating

Britta Lundin diz que Jughead no momento “Não é explicitamente nada”

A escritora de Riverdale, Britta Lundin, falou sobre a ambiguidade em torno da assexualidade de Jughead em uma entrevista com os apresentadores do podcast de Fansplaining.

“Eu quero dizer que a situação de Jughead é interessante. Jughead é um personagem que existe em torno de 75 anos”, disse Lundin.

“No ultimos quadrinhos em que Jughead esteve, escritos por Chip Zdarsky, Jughead se mostrou explicitamente como assexuado”, disse ela. “Ele nunca mostrou interesse pelas mulheres e ele sempre amou hambúrgueres e você poderia definitivamente ver isso como assexuado.” 

Um episódio recente de Riverdale mostrou Jughead beijando Betty Cooper – com muitos fãs chamando esse ato de “apagamento assexual” – mas o podcast foi gravado antes do episódio em particular ser exibido.

Lundin disse lá enquanto há “um milhão” de combinações de personagens de Riverdale diferentes, Jughead “não explicitamente nada agora” na serie.

“Eu não sei qual é a resposta correta aqui, porque acho que a melhor coisa a fazer é ser sincera e a verdade é que não foi abordada na primeira temporada.” 

Lundin teve o cuidado de dizer que não tinha certeza se Riverdale jamais abordaria a assexualidade de Jughead, acrescentando que não queria enganar os telespectadores.

“E eu penso que queerbating é tipo, fingir que vai fazer e não fazer realmente… Ter zero intenções de realmente fazer. Não sei se em Riverdale estamos fingindo que vamos fazer isso.”

A escritora também falou sobre a decisão de incluir uma cena onde as personagens Betty e Veronica se beijam.

Lundin disse que não tinha ideia do que o apresentador Roberto Roberto Aguirre-Sacasa tinha em mente, mas tentou adivinhar qual era sua intenção.

“Eu acredito que o que ele quis dizer foi exatamente o que Cheryl disse em seguida ‘Desculpe senhoras, mas beijo lesbico não é taboo desde 1999’. 

“Então, se eu tivesse que adivinhar – acho que Roberto quis dizer que isso não é uma coisa gay, isso é apenas algo que elas estão fazendo para fazer um grande alvoroço e Cheryl imediatamente as interrompe.” 

Lundin é uma dos cinco escritores homossexuais da equipe de Riverdale, de um total de 11, e lançou várias storylines lésbicas para o show, mas continua um mistério se alguma delas vai chegar ao show.

Fonte – © Tradução/Adaptação: Juliana Coimbra – Riverdale Brasil – Não reproduza sem os créditos.

Arquivado em:
error: Caso queira algum dos nossos textos, envie um e-mail!