Lili Reinhart fala sobre o irmão de Betty e o relacionamento dela com Veronica

Riverdale está voltando para a segunda metade da segunda temporada na Warner, e parece que algumas grandes mudanças estão aguardando Betty Cooper.

Lili Reinhart, que interpreta Betty, recentemente falou com a Glamour Magazine, para discutir o que Betty irá sentir quando o seu irmão, há muito tempo perdido, Chic, retornar para a vida dela:

“Você definitivamente vê isso muito mais na segunda parte da temporada. Quando Betty enterra suas unhas nas palmas de suas mãos, é meio que quando coisas estão acontecendo com sua família. Esse é seu gatilho, seja com sua mãe, seu irmão, ou Polly.”

Fãs irão lembrar que a última vez que vimos Betty fazendo isso, foi quando o seu lado sombrio apareceu com Chuck Clayton. É possível que esse tipo de mecanismo de defesa apareça novamente com Chic, conforme Reinhart explicou:

“Eu acho que isso é algo para se manter em mente. Ela está muito curiosa para ver se ele possui esse tipo de escuridão dentro dele também. Pode haver algum tipo de criação de vínculo entre irmã e irmão quando se tratada de problemas da saúde mental.”

Reinhart continuou, dessa vez discutindo o relacionamento de sua personagem com Veronica, e como os bons tempos podem, de fato, estar chegando até um rápido fim:

“Eu acho que esse conceito é desafiado na segunda parte da temporada.”

Claro, a linha de história secundária entre os personagens de Riverdale é redirecionada para os pais dos adolescentes, todos estes que possuem uma parte em manipular os mais novos a serem quem eles querem que sejam. Reinhart explica que isso pode levar a uma fratura entre Betty e Veronica:

“Sem querer falar demais, mas acho que há, definitivamente, desafios quando se trata da amizade de Betty e Veronica, e isso é um resultado dos pais delas, para ser honesta. É tipo, como elas direcionam a amizade tendo esses pais? E se os pais delas estão em uma guerra um contra o outro, isso não significa que suas filhas também estão? Isso se torna muito, muito pesado na segunda metade. O conceito de Betty e Veronica colocando uma a outra em primeiro lugar é desafiado.”

Fonte © Tradução/Adaptação: Juliana PiazzaRiverdale Brasil – Não reproduza sem os créditos.

A segunda temporada de ‘Riverdale’ vai ao ar nas quartas-feiras às 21h40 na Warner Channel.

Fiquem ligados aqui no Riverdale Brasil e em nossas redes sociais no TwitterFacebookInstagram e no YouTube para ficar por dentro de tudo que rola no universo de Riverdale.

Arquivado em:

O showrunner de ‘Riverdale’ promete o retorno ao básico no resto da segunda temporada

A segunda temporada de Riverdale tem sido uma loucura até agora, mas com caso do assassino Capuz Preto encerrado no final da metade da temporada, a próxima metade promete voltar ao básico.

O showrunner Roberto Aguirre-Sacasa falou com a Entertainment Weekly sobre o que os fãs podem esperar da segunda metade da 2ª temporada, e parece que as coisas podem ficar um pouco normais para Archie e sua gangue, novamente:

“A segunda metade da temporada irá voltar ao básico de Riverdale, que é focado nas histórias do colégio, meio que voltando na profundidade dos relacionamentos e amizades.”

Aguirre-Sacasa continua falando que, embora o drama do assassino na primeira parte da temporada tenha sido encerrado, o mistério e a intriga ainda vão correr soltos em Riverdale:

“Esse elemento ainda estará presente na segunda parte, mas os divertidos poblemas irão ressurgir, e as coisas vão voltar aos trilhos para Archie e para o que ele sabe fazer, que são seus amigos e o colégio.”

Fonte © Tradução/Adaptação: Juliana PiazzaRiverdale Brasil – Não reproduza sem os créditos.

A segunda temporada de ‘Riverdale’ vai ao ar nas quartas-feiras às 21h40 na Warner Channel.

Fiquem ligados aqui no Riverdale Brasil e em nossas redes sociais no TwitterFacebookInstagram e no YouTube para ficar por dentro de tudo que rola no universo de Riverdale.

Arquivado em:

Skeet Ulrich fala sobre quem deveria interpretar a mãe de Jughead

Riverdale estava na pausa do meio da temporada, mas isso não significa que o elenco não estava pensando no futuro da série.

Em uma entrevista com o TVLine, o ator Skeet Ulrich, que interpreta F.P. Jones, deu sua opinião sobre quem ele acha que deveria interpretar um dos maiores personagens não-introduzidos da série:

“Quero dizer, Deus, eu acho que Neve [Campbell] seria muito interessante. Eu sei que ela está ocupada fazendo alguns filmes e coisas assim, então não sei se seria uma possibilidade. Mas sim, acho que ela seria bem intrigante.”

Neve Campbell estreou ao lado de Ulrich no famoso filme de horror de 1996, Pânico. Ela interpretar a mãe de Jughead, ainda sem nome, que se mudou para Toledo com sua irmã mais nova Jellybean antes da série ter início, seria uma referência maravilhosa para os fãs. Ulrich continua falando que enquanto ele não sabe quando ou se veremos ela, a referência do seu antigo trabalho seria legal:

“Ela é muito talentosa, e eu acho que a referência de Pânico iria agradar as pessoas.”

Fonte © Tradução/Adaptação: Juliana PiazzaRiverdale Brasil – Não reproduza sem os créditos.

A segunda temporada de ‘Riverdale’ vai ao ar nas quartas-feiras às 21h40 na Warner Channel.

Fiquem ligados aqui no Riverdale Brasil e em nossas redes sociais no TwitterFacebookInstagram e no YouTube para ficar por dentro de tudo que rola no universo de Riverdale.

Arquivado em:

Vanessa Morgan fala sobre a sexualidade de sua personagem

Riverdale está agora em sua segunda temporada na CW, e os fãs foram apresentados a vários novos personagens, um dos quais é Toni Topaz. Vanessa Morgan interpreta a personagem, que foi pensado para ser um potencial interesse amoroso para Jughead Jones até que se revelou que ela era de fato bissexual.

A atriz sentou-se com a Cosmopolitan para discutir esta revelação e como ela descobriu sobre isso. Ela também falou sobre representação em Riverdale e como isso é importante para ela:

Na verdade, eu não sabia que eles estavam fazendo Toni bissexual até o comunicado de imprensa, mas era algo que eu sabia dos quadrinhos. Fiquei tão empolgada quando descobri. Na TV, você não vê muitos [personagens] bissexuais. Quando as pessoas vêem “bissexuais,” elas ainda confundem com promiscuidade, o que é tão errado. Então eu fiquei tão animada para ser a primeira bissexual em Riverdale e simplesmente normalizar isso para os espectadores.

Ser a primeira bissexual no show é certamente um passo na direção certa quando se trata de representação na tela pequena. Com seu elenco étnico, Riverdale tem sido um show que promove a diversidade desde o início, e Morgan observa que é algo com o qual ela se orgulha de fazer parte:

Estou super empolgada em fazer parte de um show tão diversificado. É mostrado personagens que cada pessoa pode se identificar – ter personagens bissexuais e homossexuais, todas as etnias. Riverdale está atualizado com o que é o novo mundo e o que foi 2017. Muitos shows devem seguir o exemplo, porque há muitos shows onde eles não têm isso. Eles não têm nada! Crescendo biracial, eu não tinha alguém para me identificar na televisão ou em filmes. Halle Berry era a pessoa mais próxima que parecia comigo. Fico feliz em ver mais pessoas birraciais na tela e estou feliz em representar para as garotas que não tinham alguém que se identificassem na TV.

A segunda temporada de ‘Riverdale’ vai ao ar nas quartas-feiras às 21h40 na Warner Channel.

Fiquem ligados aqui no Riverdale Brasil e em nossas redes sociais no TwitterFacebookInstagram e no YouTube para ficar por dentro de tudo que rola no universo de Riverdale.

Arquivado em:

Kiernan Shipka será Sabrina no spin-off de Riverdale na Netflix

Kiernan Shipka irá estrelar na série da Netflix: Sabrina, a Aprendiz de Feiticeira.

Netflix encontrou a sua Sabrina. Conhecida por Mad Men e Feud: Bette and Joan, Kiernan Shipka foi escolhida para estrelar como a heroína titular na nova série original da Netflix, que será baseada nos quadrinhos da Archie Comics: “The Chilling Adventures of Sabrina”.

De acordo com a descrição, o Projeto Sem Título apresenta a origem e aventuras de Sabrina, a Aprendiz de Feiticeira, como uma história sombria de autodescoberta, que transita entre o horror, o oculto e, é claro, a bruxaria. Seguindo uma tonalidade de “O Bebê de Rosemary” e “O Exorcista”, essa adaptação mostra Sabrina lutando para reconciliar sua natureza dupla — meio bruxa, meio mortal — enquanto se posiciona contra as forças do mal que a ameaçam, ameaçam sua família e o mundo diário que os humanos habitam.

Shipka irá interpretar Sabrina Spellman, uma jovem mulher empoderada, meio humana, meio bruxa, que está apenas começando a sua sombria educação como uma feiticeira, tudo enquanto tenta manter uma vida normal como estudante do segundo ano no Baxter High. Inteligente, compassiva e corajosa – tudo ao ponto do descuido, Sabrina é tudo que se mantém entre nós e as forças da escuridão que ameaçam nosso mundo.

Originalmente em desenvolvimento pela CW como um potencial “spin-off” de Riverdale (que também é baseada nos personagens da Archie Comics), o projeto sem título de Sabrina conquistou um pedido direto de duas temporadas e 20 episódios na Netflix, mais cedo no mês passado.

A série da Netflix irá vir do mesmo time de Riverdale: Roberto Aguirre-Sacasa, Berlanti Productions e Warner Bros. TV. Aguirre-Sacasa, que escreveu o piloto de Riverdale, e Lee Toland Krieger, que o dirigiu, estão reprisando seus papeis no episódio piloto de Sabrina. Aguirre-Sacasa irá ser produtor-executivo junto com Krieger, Berlanti Prods.’ Assim como Greg Berlanti e Sarah Schechter e o diretor da Archie Comics: Jon Goldwater.

“Todos nós somos muito fãs do trabalho de Kiernan, tanto que quando começamos a falar sobre quem poderia ser essa nova encarnação de Sabrina, o nome dela estava na lista de desejo de todo mundo,” disse Aguirre-Sacasa. “Essa é uma versão de Sabrina mais sombria e macabra, e estamos incrivelmente animados para que as pessoas vejam Kiernan fazer essa personagem icônica por si própria.”

Goldwater acrescentou, “Estou empolgada que Kiernan está interpretando Sabrina e não tenho dúvidas que ela irá incorporar a força, coragem e ousadia que fizeram a personagem ser amada pelos fãs.” 

Shipka apareceu recentemente ao lado de Susan Sarandon e Jessica Lange na série de sucesso da FX “Feud: Bette e Joan” como B.D, a adolescente forte e desejada, filha de Bette Davis (Sarandon). Ela é, talvez, mais conhecida por interpretar Sally Draper em sete temporadas do drama ganhador de Emmy “Mad Men” da AMC. Recentemente foi escalada no filme de horror do diretor John Leonetti: “The Silence” da Constantin Film e EMJAG Productions e em Charlie Kessler’s Lapham Rising, ao lado de Frank Langella, Candice Bergen, Kathryn Erbe e Jared Gilman.

Arquivado em:

Descrição dos personagens para o spinoff da Sabrina

Escolha do elenco para Chilling Adventures of Sabrina, spinoff da série Riverdale de Roberto Aguirre-Sacasa, está a caminho. Acompanhando a produção da série, ThatHashtagShow reportou algumas descrições de personagens como Sabrina Spellman e sua família.

A maioria dos papéis para a família Spellman chamam por “todas etnias,” o que vai de encontro com vídeos de audições para o papel de Sabrina que apareceram online recentemente. Outros personagens coadjuvantes no universo de Sabrina, como Harvey Kinkle e Rosalind, não estão inclusos na lista de personagens abaixo.

[SABRINA SPELLMAN] Feminino, etnia aberta, legalmente 18 ou 18+ para interpretar idade de 16. Sabrina é uma jovem mulher empoderada. Meio-humana, meio bruxa, está lutando para reconciliar suas duas naturezas. Ela está apenas começando sua sombria educação como uma feiticeira, mas ainda tenta manter uma vida relativamente normal como uma estudante do segundo ano da Baxter High. Sabrina é inteligente, corajosa e possui compaixão, tudo ao ponto da imprudência. Ela desafia a doutrina-bruxa todo segundo. Ela é fortemente leal a sua família e amigos; maliciosamente engraçada; e está no meio de um relacionamento turbulento com seu colega de aula Harvey Kinkle. Sabrina é tudo que está entre nós e as Forças das Trevas que ameaçam nosso mundo. PRINCIPAL DA SÉRIE.

[HILDA SPELLMAN] Feminino, por volta do final dos 30 até início dos 40, todas etnias. Hilda é a mais gentil das irmãs Spellman, e é quem está criando Sabrina, embora sua natureza educada engana um lado mais impiedoso. Ela é a curandeira, a criadora de poções, doce como uma torta, até que você cruze seu caminho ou de alguém que ela ame. Operando a funerária local, as irmãs escondem sua bruxaria do mundo enquanto ensinam feitiços e encantamentos para Sabrina em casa. PERSONAGEM REGULAR.

[ZELDA SPELLMAN] Feminino, por volta do final dos 30 até início dos 40, todas etnias. Zelda é a mais severa das irmãs Spellman e ajudou a criar Sabrina, embora a sua faceta mais severa e dura pode estar escondendo uma alma mais maternal. Diferente de Hilda, Zelda afirma que nunca soube o que era amor — sua devoção para o Lorde das Trevas consume tudo — e é por isso que quando as pessoas procuram por uma poção do amor elas vão para Hilda; aqueles que procuram despeito vão para Zelda. PERSONAGEM REGULAR.

[AMBROSE SPELLMAN] Masculino, início dos 20, afro-americano ou indiano, britânico. Ambrose é o “primo” de Sabrina e é um necromante. Ele é espirituoso, travesso, pansexual — e ama ser um bruxo. Preso na funerária por causa de um feitiço de ligação, Ambrose vive no sótão do mortuário e age como um dos parceiros do crime de Sabrina. PERSONAGEM REGULAR EM 10/13.

Em Chilling Adventures, Sabrina Spellman será uma bruxa adolescente da cidade vizinha de Riverdale: Greendale. A série irá seguir ela, conforme ela aprende seus poderes e tem que escolher entre usar suas habilidades mágicas para o bem ou para o mal. Como um spinoff de Riverdale, a série de magia irá estabelecer os cantos estranhos desse grande universo — incluindo seus elementos Lovecraftianos.

É esperado que The Chilling Adventures of Sabrina estreie na Netflix em algum momento do ano que vem.

Arquivado em:
error: Caso queira algum dos nossos textos, envie um e-mail!